Optar pelo franchising é uma excelente estratégia para expandir a empresa e aumentar os lucros, além de abrir oportunidade a outras pessoas que também desejam experimentar um crescimento financeiro. Porém, para saber como abrir uma franquia, é necessário conhecer o mercado e aplicar algumas técnicas que possibilitem um bom posicionamento da marca.

Neste artigo, vamos apresentar algumas dicas para que você consiga abrir uma franquia de sucesso. Acompanhe!

1. Fazer um plano de negócios

O plano de negócios é o ponto inicial de qualquer tipo de iniciativa empreendedora, seja uma pequena startup, seja uma franquia. É por meio desse planejamento que o empresário entende o que deve ser feito e como seguir o padrão da rede, aspecto indispensável no contexto de franquia.

Além disso, é importante pensar que o negócio deve ser vantajoso para franqueado e franqueador. O plano de negócios precisa ser muito bem estruturado para cobrir os custos e gerar lucros, com precisão no cálculo do ponto de equilíbrio.

2. Conhecer o potencial do mercado

Quando um empresário decide investir em uma franquia, ele está apostando na capacidade de crescimento e de lucro da marca.

Por isso, se você decidir escalar o seu negócio, é indispensável conhecer todas as minúcias do campo de atuação e as oportunidades de crescimento que ele oferece, para que consiga apresentar alternativas reais e interessantes para quem quiser se aliar à sua marca.

3. Padronizar e otimizar os processos do seu negócio

Essa etapa pode ser um pouco difícil até mesmo para os empreendedores mais organizados. Mas, quando se trata de uma franquia, os processos devem ser mapeados, para que sejam passados com clareza para todas as unidades. Isso serve para a manutenção de um padrão de qualidade no produto ou na prestação de serviço, ajudando no treinamento dos franqueados.

4. Estudar a viabilidade de atendimento

Para abrir uma franquia, é preciso ir além do conhecimento sobre as práticas do negócio. É preciso avaliar com cautela se a ideia pode ser, de fato, multiplicada e se há capacidade de atendimento e abastecimento para diversas filiais pelo Brasil.

Além disso, as informações sobre a marca devem ser compartilhadas com esses franqueados. Sem uma boa estrutura, a ideia tende a fracassar, e a imagem da empresa é seriamente comprometida.

5. Definir o perfil de franqueado ideal

Uma boa franqueadora deve saber com precisão o perfil que os candidatos devem apresentar para gerir o negócio e alcançarem o sucesso. Esse perfil envolve formação, conhecimentos, experiências, capital e tempo disponível para investir, entre outros aspectos.

6. Contratar uma empresa especializada

Nós sabemos que abrir um franchising é um grande trabalho, que envolve processos administrativos um pouco complexos e uma grande dedicação de tempo.

Contar com a ajuda de uma empresa especializada vai permitir que você foque apenas o operacional, contando assim com um projeto e uma execução mais profissionais e com menor propensão ao erro.

Com esses seis passos, você consegue começar a estruturar a abertura de uma franquia. Mas lembre-se que cada tipo de negócio tem suas particularidades e que é importante pesquisar e desenvolver um bom conhecimento sobre essas características para saber como abrir uma franquia.

Se você quer mais informações sobre negócios e gestão, siga os nossos perfis no LinkedIn, no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Escreva um comentário